ARTIGO: Consciência moral transcendente e experiência religiosa na obra de Viktor Frankl – Ivo Studart Pereira

12348008_838315832933601_4891285325844804803_n

ARTIGO
Consciência moral transcendente e experiência religiosa na obra de Viktor Frankl
Ivo Studart Pereira
Resumo
No presente trabalho, avaliamos como a tese de Viktor Emil Frankl sobre o caráter transcendente da consciência moral [Gewissen] constitui um argumento-chave para elucidar sua visão de experiência religiosa. Trata-se de um debate que toca, de maneira singular, o pensamento teológico do filósofo e psiquiatra vienense, na medida em que, partindo de uma análise do fenômeno da responsabilidade humana, chega-se a uma peculiar noção de relacionamento entre homem e Deus. Nesse sentido, paralelamente, vislumbramos como o pensador em questão refuta as leituras psicológicas sobre a moralidade, ao mesmo tempo em que objeta contra teses centrais da psicanálise sobre
o tema.
Link para o artigo

Deixe uma resposta